fbpx

Hoy Mates.. hoje a trip é para um dos lugares mais mágicos que já visitei.

Indonésia sempre me pareceu como aqueles destinos impossíveis de se realizar, que aos meros estudantes como eu só restava mesmo sonhar. Sempre via posts pelo Instagram e etc. e ficava imaginando como seria maravilhoso ter a oportunidade de visitar um lugar tão fascinante como aquele.

Muitas vezes me peguei naquele pensamento: “taí mais um destino que nunca irei conhecer”. Nunca fiquei tão feliz em estar errado hahahaha

Recentemente realizei esse sonho de conhecer a Indonésia e me faltam adjetivos para descrever o que é aquele lugar. Nem tudo são flores, poderia descrever a Indonesia com um país de contrastes, do Luxo ao Lixo. Mas sem dúvidas, é um lugar maravilhoso. Você não terá problemas em se comunicar, praticamente todo mundo fala “algum inglês”, mesmo com limitações, você vai conseguir se comunicar, afinal esse é o mais importante, se comunicar.

Quem já viajou para fora Brasil sabe que para entrar em alguns países, além do Visa (quando aplicável), você precisa passar pela imigração e todo um processo antes de entrar de fato no país. Antes mesmo do desembarque, os comissários lhe entregam um documento que você deve preencher e entregar ao passar pela imigração, o chamado “Incoming Passenger Card”, no qual você precisa fornecer alguns dados básicos como coisas que você está trazendo consigo para o país, comida, frutas, etc. Você também precisa declarar o endereço que você vai ficar dentre outras informações. Tal documento, é 100% em inglês, então só aqui você já precisa saber ler e escrever alguma coisinha, pois se você preencher alguma informação falsa você pode ser multado.

C:\Users\user\AppData\Local\Microsoft\Windows\INetCache\Content.Word\Australian-Incoming-Passenger-card-Front.jpg

Assim que aterrissei em Denpasar / Bali, fui para uma mesa preencher o papel para então passar pela imigração. Nesse momento, me deparei com um grupo de 6 pessoas (descobri depois que eram de Bangladesh) tentando há uns 10 minutos preencher o Incoming Passenger, mas sem sucesso. Me ofereci para ajudar, tentei de várias formas, mas a única coisa que eles conseguiam falar era: “No english, No english”.

No local de preencher o endereço, desenhei até uma casinha para tentar explicar, mas não adiantou. Nesse dia percebi o quanto precisamos do Inglês, não adianta, se você quer viajar, você precisa ter um mínimo de inglês para se comunicar. Não sei o que aconteceu com eles.

Mas voltando ao Main Topic..

A Indonésia de fato é um país barato de se viajar, contudo, você precisa se programar e ter um bom roteiro bem como saber o que você quer conhecer, pois o país é enorme e mesmo para os destinos mais badalados como Bali, você precisaria de pelo menos uns 15 dias para de fato se entregar e imergir na vibe e cultura. Eu tinha apenas 8 dias na Indonésia e um dos meus maiores sonhos como Biólogo era conhecer o Komodo National Park, não apenas pelos Komodo Dragon (maior espécie de lagarto do mundo Varanus komodoensis), mas pela região em si e tudo que ela oferece. Então dividi meu roteiro focando principalmente nas Ilhas Komodo (4 dias e meio) e em Ubud / Bali (3 dias).

Cheguei em Denpasar na noite do dia 16/04 e logo na manhã seguinte, dia 17, já peguei um outro voo para Labuan Bajo (há voos diários saindo de Bali – paguei aproximadamente 600 reais ida e volta), que fica na sonda Oriental, uma vila de pescadores que virou ponto base para os turistas e aqueles que querem se aventurar nas ilhas Komodo.

O Komodo National Park é composto por três ilhas principais: Rinca, Komodo Padar e Pulau Komodo e dezenas de pequenas ilhas paradisíacas. 

Me hospedei em um Hostel chamado Bajo Sunset (Booking.com), e esse nome não é à toa hahaha. Paguei cerca de 30 reais por noite em um quarto com ventilador e com café da manhã incluso (bom por sinal). 

C:\Users\user\AppData\Local\Microsoft\Windows\INetCache\Content.Word\DSC_0547.jpg

Vista do Bajo Sunset Hostel

Você não terá problemas em encontrar passeios diários para conhecer as ilhas, pois há centenas de “agências” fornecendo os passeios que podem ser de um dia ou até mesmo 3 dias e 4 noites dormindo em um barco. Os passeios mais simples (6 spots in 1 day) custa em torno de 350 reais com comida e água incluso.

Meu primeiro destino foi a Ilha Komodo Padar, nesta ilha não existem mais Komodo Dragons, mas a mesma é recheada de vida e com bons olhos de biólogo hahaha, você pode achar várias outras espécies de lagartinhos. Mas o ponto alto mesmo dessa ilha, literalmente é a vista que é de tirar o fôlego. É uma escalada um pouco cansativa para quem não tem preparo, até mesmo eu que me considero com um bom preparo sofri um pouco por conta do calor hahahaha

C:\Users\user\AppData\Local\Microsoft\Windows\INetCache\Content.Word\DSC_0168a.jpg

Trekking em Komodo Padar

E como uma bela lição de vida, “depois um pouco de sacrifício, ao chegar ao topo você é recompensado” com uma das vistas mais icônicas da Indonasia. This is the Komodo Padar!!!

C:\Users\user\AppData\Local\Microsoft\Windows\INetCache\Content.Word\DSC_0097a.jpg

Aquele momento que você realmente para alguns minutos para contemplar a grandiosidade desse lugar.

C:\Users\user\AppData\Local\Microsoft\Windows\INetCache\Content.Word\DSC_0119a.jpg

Depois de um Trekking que te deixa desgastado como se você tivesse participado de uma São Silvestre, nada mais justo que um mergulho e um Snorkelling nesse inebriante mar turquesa.

O próximo destino foi apenas “enjoy” a famosa e paradisíaca Pink Beach.

C:\Users\user\AppData\Local\Microsoft\Windows\INetCache\Content.Word\DSC_0228a.jpg

Parece inacreditável, mas é isso mesmo, a praia é rosa. Muito provavelmente devido decomposição de conchas e o enorme recife de coral presente nessa área. A vida marinha é incrível, vi até o “Nemo” hahahaha

C:\Users\user\AppData\Local\Microsoft\Windows\INetCache\Content.Word\20190411_104613.jpg

Todo o aparato para Snorkelling também estava incluso no pacote, pé de pato e etc. Juro que nesse momento tive vontade de encher a mochila com conchas hahhaha, haviam conchas de todas as cores e formas.

Na ilha Komodo Padar, há várias pessoas vendendo colar de pérolas, Komodo Dragon de madeira e muitos outros presentinhos, no entanto, extremamente caro. Eu não resisti e comprei um Komodo Dragon por aproximadamente 180 reais (me arrependi amargamente hahahaha).

Deixe para comprar presentes na própria Ilha Pulau Komodo, pois com o dinheiro que gastei comprando 1 Komodo Dragon em Komodo Padar seria suficiente para comprar 6 dos mesmos em Pulau Komodo. Já em Pulau Komodo comprei um colar de pérolas hahaha pelo exorbitante preço de 35 reais hahahah pérolas de verdade.

A ilha Pulau Komodo é o que eu poderia chamar de sede do Komodo National Park. Lá onde praticamente todos os turistas vão para ver os Komodo Dragon (mas também é possível vê-los em Rinca Island).  

C:\Users\user\AppData\Local\Microsoft\Windows\INetCache\Content.Word\DSC_0250a.jpg

Entrada do Komodo National Park.

C:\Users\user\AppData\Local\Microsoft\Windows\INetCache\Content.Word\DSC_0256a.jpg

E claro que tinha que tirar uma foto hahahhaa

E não demorou muito para vermos o primeiro Komodo Dragon.

C:\Users\user\AppData\Local\Microsoft\Windows\INetCache\Content.Word\DSC_0293.jpg

Varanus komodoensis endêmico das Ilhas Komodo. Ou seja, só existem ali.

E de fato, ele faz jus ao nome. É enorme. Sem dúvidas um sonho realizado poder estar tão próximo de um animal desses. Especialmente para mim que desenvolvo projetos de pesquisa com biologia evolutiva de répteis. 😊

Durante toda a visita ao parque você é acompanhado por um guia local. Que são chamados de Rangers. Sim, os Rangers hahaha O ranger do meu grupo foi o Ranger Azul, mas também haviam os Rangers Amarelo e Rosa.

C:\Users\user\AppData\Local\Microsoft\Windows\INetCache\Content.Word\20190411_124746.jpg

Ranger Azul hahahaha

Os guias são bem preparados, e vão explicando várias coisas sobre a ilha e curiosidades. Tudo em Inglês, olha que maravilha ahahahaha

O único pecado foi falar que a temperatura de incubação dos ovos determina o sexo dos Komodo Dragon. Mas nem dá para cobrar isso deles né… afinal são tão gente boa. E eu também não seria o chato e falar na frente de uma plateia que ele estava errado hahaha

C:\Users\user\AppData\Local\Microsoft\Windows\INetCache\Content.Word\DSC_0277a.jpg

Komodo Dragon de barriga cheia!!!

No dia seguinte conhecemos algumas ilhas paradisíacas ao redor do National Park, mais Snorkelling e nadamos com a Raia Manta, infelizmente não tinha uma câmera aquática para tirar foto, mas posso garantir, foi uma das experiências mais incríveis que já tive.

C:\Users\user\AppData\Local\Microsoft\Windows\INetCache\Content.Word\DSC_0207a.jpg

Típica embarcação Indonésia.

C:\Users\user\AppData\Local\Microsoft\Windows\INetCache\Content.Word\DSC_0458a.jpg

Kanawa Island

Depois de 4 dias incríveis em Flores / Labuan Bajo e Komodo Islands eu retornei para Bali para aproveitar os 3 últimos dias. Uma pena ter tão pouco tempo para conhecer Bali, principalmente porque alguns templos são um pouco longes, então você não consegue conhecer todos em um dia só. Como eu estou em uma outra vibe acabei fugindo de baladas e etc. (bem famosas as baladas de Bali por sinal) e me hospedei um Ubud (22 reais por noite, mas sem café da manhã).

Nesse momento da trip eu tive que decidir entre alguns dos principais pontos de Bali. Infelizmente não tive tempo para conhecer as Nusas (Três Ilhas ao lado de Bali) e as Gili (Outras ilhas ao Oeste de Bali). Então foquei nos principais templos de Bali e Ubud.

Em Bali eu contratei um motorista particular por apenas aproximadamente 140 reais por dia. Nisso já está incluso o combustível para ele dirigir o dia inteiro para você de 6am até 18pm. Realmente foi o melhor investimento, pois o trânsito é caótico.  Ketut (https://www.instagram.com/kacungketut/) foi extremamente atencioso, fala inglês, conhece Bali como ninguém e me levou em lugares incríveis. Super recomendo entrar em contato com Ketut.

Em Bali o primeiro destino claro que tinha que ser para provar o famoso Kopi Luwak, que é o café mais caro do mundo. É um café um tanto não convencional em seu preparo por assim dizer hahahaha mas é um experiência que vale a pena. 

C:\Users\user\AppData\Local\Microsoft\Windows\INetCache\Content.Word\20190414_123033.jpg

Cafés e Chás Balineses.

Depois do Luwak Coffee, como um bom Nerd hahahah claro que tinha que fazer referências ao cinema hahahaha

Comer

C:\Users\user\AppData\Local\Microsoft\Windows\INetCache\Content.Word\20190415_124135.jpg

Tegalalang Terraces

Rezar

C:\Users\user\AppData\Local\Microsoft\Windows\INetCache\Content.Word\DSC_1065.jpg

Tirta Empul Temple

Amar

C:\Users\user\AppData\Local\Microsoft\Windows\INetCache\Content.Word\DSC_0936.jpg

Ubud

Sem dúvidas, Bali é uma ilha encantadora.

C:\Users\user\AppData\Local\Microsoft\Windows\INetCache\Content.Word\DSC_1309a (2).jpg

Scenic Waterfall

C:\Users\user\AppData\Local\Microsoft\Windows\INetCache\Content.Word\DSC_0596a.jpg

Luwak Coffee – Ubud

C:\Users\user\AppData\Local\Microsoft\Windows\INetCache\Content.Word\DSC_0598a.jpg

Rice Terraces

Após inúmeros templos, warungs (restaurante) eu já me encontrava um pouco cansado, tanto que no último dia nem consegui mais tirar fotos hahahhaha

Mas foi no último dia, já muito cansado, que tive o que considerei um dos melhores dias que tive nos últimos anos. Praticamente a caminho do aeroporto, decidi parar para tirar uma última foto de um Terraço de Arroz.

C:\Users\user\AppData\Local\Microsoft\Windows\INetCache\Content.Word\DSC_1138a.jpg

Rice Terrace

Quando ao olhar para o lado vi uma placa escrito “Rescue Animals, Help for more Animals”. Vi vários animais provenientes de resgate, corujas cobras, raposas voadoras, luwaks. Um dos dias mais felizes. Minha face não nega hahaha

C:\Users\user\AppData\Local\Microsoft\Windows\INetCache\Content.Word\DSC_1375.jpg

Trimeresurus, umas das serpentes mais lindas que já vi.

C:\Users\user\AppData\Local\Microsoft\Windows\INetCache\Content.Word\DSC_1454.jpg

Beijinho do Luwak

C:\Users\user\AppData\Local\Microsoft\Windows\INetCache\Content.Word\DSC_1448a.jpg

Luwak 🙂

C:\Users\user\AppData\Local\Microsoft\Windows\INetCache\Content.Word\DSC_1402a.jpg

Flying Fox

C:\Users\user\AppData\Local\Microsoft\Windows\INetCache\Content.Word\DSC_1390a.jpg

Malayopython

In a nutshell, Indonesia é um dos lugares mais lindos que já conheci. Certamente voltarei.

Viva… live in the moment 🙂

Trimakassi Indonesia.. (Thanks Indonesia)!!

Leave a Reply